Times
Investimentos

Tenha a chance de alcançar R$ 1 milhão em 2023: material da Empiricus traz criptomoedas com potencial milionário; confira

Após queda, criptomoedas podem surfar onda de crescimento e proporcionar retornos ‘gordos’ aos investidores, mas é preciso agir rápido; analista te explica como

Compartilhar artigo
Data de publicação
12 de dezembro de 2022
Categoria
Investimentos
Criptomoedas em cima do teclado de um notebook
Imagem: Pexels

Com o final do ano chegando, é normal começar o planejamento para o próximo que virá. Pensando nisso, um analista lançou um plano ousado para o Ano Novo: uma lista de criptomoedas com potencial de decolar e formar uma nova geração de milionários a partir de 2023.

O objetivo é simples: o analista montou uma lista de criptomoedas que possuem a maior chance de disparar em 2023, com base em argumentos fundamentalistas (potencial do projeto) e técnicos (evolução gráfica dos preços).

Quem investir nessas moedas agora, em dezembro de 2022, tem a chance real de ficar milionário a partir de 2023.

“Aconteceu em 2011, 2015, 2019 e agora vai acontecer em 2023. Inevitavelmente quem comprar essas moedas até janeiro pode sim ficar milionário”, diz o analista responsável pela lista.

As inscrições para acessar o material podem ser feitas através deste link.

Para o analista, mesmo depois da queda expressiva em 2022, o Bitcoin e outras criptomoedas não perderam relevância e continuam com fundamentos bastante sólidos.

Segundo ele, o cenário em 2023 pode ser bastante propício para passarmos por uma nova valorização gigantesca nos preços – assim como aconteceu após a queda de 2018, por exemplo.

Agora, em dezembro de 2022, o preço de um bitcoin é de cerca de US$ 17 mil. Isso significa uma queda de 75% desde o preço máximo, atingido em novembro de 2021.

Pois bem, a situação em 2018 era bastante parecida. Desde o preço máximo, o Bitcoin chegou a perder 73,50% do seu valor.

Muita gente que comprou na máxima perdeu dinheiro. Quem estava de fora e viu essa queda expressiva, pode ter ficado com medo da ‘sangria’ continuar e decidiu não investir.

Mas quem decidiu comprar depois de uma queda tão gigantesca, foi recompensado pelo sangue frio.

Depois do ponto de baixa, o Bitcoin recuperou o valor e atingiu uma valorização de 1.160,30%.

O suficiente para transformar:

  • R$ 1.000 em R$ 12.603
  • R$ 2.000 em R$ 25.206
  • R$ 5.000 em R$ 63.015

Siga rotas alternativas: criptomoedas fora do radar entregaram multiplicação de 90x

É claro que ganhos passados não são garantia de ganho futuro, mas é inegável que esses ganhos aconteceram e podem se repetir daqui pra frnete.

E isso nem é tudo. Algumas criptomoedas menores acompanharam o movimento e trouxeram uma valorização muito maior. Veja só:

Fonte: Empiricus

Quem investiu na Binance Coin no mesmo período, por exemplo, teve a chance de embolsar uma multiplicação de cerca de 90x. 

Ou seja, o suficiente para transformar R$ 1.000 em cerca de R$ 90 mil.

Um cenário bastante semelhante está se formando aqui e agora, em dezembro de 2022. 

Estamos no momento posterior à queda. Até mesmo os patamares de desvalorização são semelhantes aos de 2018 (cerca de 75%).

Se você queria ter aproveitado essa porrada em 2018, não há por que ficar de fora agora, em 2022. As chances estão na mesa e você só precisa decidir agir.

E é pra isso que o analista Vinícius Bazan está montando essa lista específica de criptomoedas, com base em dezenas de critérios qualitativos e quantitativos.

O objetivo é encontrar criptomoedas com potencial semelhante ao da Binance Coin em 2018. Ativos que passaram por uma queda expressiva em 2022, mas que tem tudo pra recuperar e criar uma pequena fortuna a partir de 2023.

O Bitcoin foi o ativo de maior retorno da última década. E agora, outras criptomoedas tem tudo pra criar uma nova geração de milionários – e você pode fazer parte disso agora mesmo.

O analista vai liberar o acesso à essa lista de criptomoedas ainda em dezembro de 2022. O ideal é que você invista nesses ativos o mais rápido possível.

Para fazer sua inscrição, basta clicar no link abaixo. O seu primeiro milhão pode estar do outro lado.