Times
Investimentos

As próximas Weg (WEGE3)? Ações que foram 7 vezes mais rentáveis que o Ibovespa têm o maior potencial de valorização do 2º semestre

Para Rodolfo Amstalden, sócio-fundador da Empiricus Research, o início do ciclo de corte da Selic pode estimular algumas ações a ‘seguirem os passos’ da Weg e decolarem na bolsa

Por Letícia Camargo

30 de agosto de 2023, 17:37

small caps ações
Imagem: Freepik

A Weg (WEGE3), empresa que fabrica componentes elétricos, é atualmente uma das ações “queridinhas” da bolsa brasileira.

Fundada em 1961 por Werner Voigt, Eggon Silva e Geraldo Werninghaus, cujas iniciais dão nome à empresa, a pequena fábrica de motores elétricos de Jaraguá do Sul, no interior de Santa Catarina, é hoje uma das maiores multinacionais do país.

E o motivo para que ela seja tão queridinha pelos investidores brasileiros é o seguinte: desde que fez o seu IPO (oferta pública inicial de ações), em 2000, a ação da Weg disparou incríveis 24.000%.

O fato de estar conectada a projetos de tecnologia aliados à sustentabilidade, como veículos elétricos e energia eólica, fez com que ela fosse vista como uma “empresa do futuro” e atingisse um valor de mercado de R$ 150 bilhões atualmente.

Além disso, ela é uma empresa com alto nível de geração de caixa, o que permite investir em ainda mais inovação, aquisições e, o mais importante, pagar “gordos” dividendos aos seus acionistas.

Hoje, a ação é uma blue chip, isto é, têm grande liquidez na bolsa é uma “gigante”. Por isso, dificilmente seria possível capturar uma valorização como a que ela já teve novamente.

A boa notícia, porém, é que a bolsa está cheia de ações com potencial de virarem novas Wegs. Empresas que hoje são pequenas e têm baixo volume de negociação na bolsa, mas contam com modelos de negócio capazes de fazê-las crescer muito.

Essas ações existem e, inclusive, já foram mapeadas. Trata-se de papéis de empresas que, só este ano, renderam 7 vezes mais que o Ibovespa, o principal índice da bolsa, e estão entre as favoritas dos analistas para o 2º semestre.

É claro que é impossível dizer que elas podem ter valorizações na mesma proporção que a Weg teve. Afinal, retornos passados não são garantia de retornos futuros e cada empresa reage de uma maneira ao desenrolar da economia e de seu próprio negócio.

Mas essa probabilidade existe se pensarmos que essas ações fazem parte do mesmo grupo que a Weg já fez um dia: o de small caps.

EXISTEM ‘OUTRAS WEGS’ ESPERANDO POR VOCÊ – SAIBA COMO ACESSAR 10 SMALL CAPS COM POTENCIAL SEMELHANTE

Small caps: as ações com o maior potencial de valorização da bolsa no 2º semestre

Quem investe na bolsa pensando no longo prazo, enxerga as ações não como meros ativos, mas sim como projetos. 

Essa foi a filosofia de quem comprou WEGE3 em 2000, quando a ação valia R$ 0,10. Aqui, um investimento de R$ 5 mil poderia ter se transformado em mais de R$ 1 milhão, 20 anos depois.

E daí vem a dúvida: quando uma oportunidade como essa finalmente vai bater na minha porta?

Ninguém tem bola de cristal para prever o futuro. No entanto, pode ser possível encontrar outros casos de sucesso como esses, sobretudo na atual conjuntura do mercado.

Com o início do ciclo de queda da Selic e a perspectiva de um bull market na bolsa, há espaço para a retomada da economia e, consequentemente, para o crescimento de várias empresas

É isso que Rodolfo Amstalden, sócio-fundador e analista da Empiricus Research, está enxergando para o 2º semestre deste ano. Na visão dele, estamos em um timing excelente para comprar ações small caps.

O motivo para investir nessas ações agora, segundo o analista, é que são elas as que costumam entregar grandes “porradas” de valorização na bolsa em momentos pós-crise.

Veja: nos últimos 3 anos, nós vivemos uma pandemia sem precedentes na história, que levou países do mundo todo a crises financeiras, os quais muitos ainda sequer se recuperaram. 

Mas, felizmente, no Brasil as coisas começaram a “assentar”. Após passarmos por uma eleição presidencial extremamente polarizada e uma definição de arcabouço fiscal conturbada, demos início à uma fase de mais otimismo.

E a parte boa de tudo isso é que depois das crises costumam surgir as melhores oportunidades para ganhar dinheiro.

Isso não sou eu quem está inventando, são fatos. Nos últimos 26 anos, de 1995 a 2021, movimentos de fortíssima valorização na bolsa aconteceram 5 vezes

Eles foram causados após crises econômicas mundiais, que abalaram os mercados financeiros no mundo. Mas que, depois de algum tempo, resultaram nas maiores valorizações de patrimônio já vistas.

Mas não foram todas as ações que tiveram valorizações expressivas nesses períodos. Na crise de 2008, por exemplo, dos mais de 400 papéis listados na bolsa brasileira, 40 tiveram valorizações acima de 500%. 

Destas 40, 27 eram consideradas small caps, ou seja, mais do que a metade.

Percebe qual é o potencial das small caps para o patrimônio dos investidores? E, para a sua sorte, mais um momento de supermultiplicação para as small caps está se aproximando. 

Amstalden já está se preparando para esse momento e “garimpou” a bolsa em busca das melhores oportunidades com small caps. Ele chegou a 10 ações de empresas que estão em ponto de bala para comprar.

Juntas, elas valorizaram 4 vezes mais que o Ibovespa em 9 anos. Mas isso pode ser “fichinha” perto do que podem fazer frente a um bull market. 

E a boa notícia é que ele está disposto a abrir essas indicações. No dia 18 de setembro, Amstalden mostrará como acessar essas ações a todos os interessados em uma transmissão online e gratuita.

Para participar, basta reservar a sua vaga clicando no botão abaixo. A inscrição é 100% gratuita:

QUERO SABER QUAIS SÃO AS SMALL CAPS COM POTENCIAL PARA SE TORNAREM AS ‘NOVAS WEGS’ DA BOLSA

Existem ‘outras Wegs’ a um clique de você; cadastre-se para poder conhecê-las

As 10 small caps selecionadas por Rodolfo Amstalden, da Empiricus Research, foram bastante penalizadas com o ciclo do juro alto, ficaram extremamente baratas e agora podem capturar a nova tendência de alta da bolsa.

Com essas ações na carteira, o analista acredita que pessoas comuns podem mudar de vida financeira sem correr riscos desnecessários e com uma perspectiva de ganhos possíveis, ancorada em análises bem fundamentadas.

Para você ter uma ideia, essa seleção de ações valorizou 419% desde a data da sua criação, em 1º de agosto de 2014, até 1º de agosto deste ano. A título de comparação, o Ibovespa rendeu apenas 117% no mesmo período.

Na prática, estamos falando de uma valorização quase 4 vezes maior do que o principal índice da bolsa em um período de 9 anos.

Já em 2023, essa mesma lista de ações teve uma valorização de quase 70%, contra apenas 10% do Ibovespa. Um rendimento 7 vezes maior.

Dados: Empiricus Research/Elaboração: Letícia Camargo

Portanto, se essa oportunidade faz sentido para você, convido-o a se inscrever em uma lista de interessados para conhecer as recomendações do analista.

Pode ficar tranquilo, pois você não gasta nada para se inscrever e ter mais informações sobre essa oportunidade. Depois, você pode decidir se as indicações fazem sentido para o seu patrimônio ou não:

Sobre o autor

Letícia Camargo

Jornalista formada pela Universidade de São Paulo (USP), com passagem em agência de marketing digital.