Times
Investimentos

Credit Suisse confirma venda dos fundos imobiliários CSHG para o Pátria Investimentos; o que fazer com os FIIs da gestora?

Venda da gestora de fundos imobiliários CSHG para o Pátria deve movimentar até US$ 130 milhões

Compartilhar artigo
Data de publicação
7 de dezembro de 2023
Categoria
Investimentos
HGLG11 fundos imobiliários fiis 1 cshg

Na noite de ontem (6), o Credit Suisse divulgou fato relevante sobre o processo de desinvestimento de sua linha de administração e gestão de FIIs, confirmando as especulações dos últimos dias.

Apenas contextualizado, após a compra pelo Grupo UBS no ano passado, as áreas responsáveis pela administração e gestão dos fundos do CSHG se tornaram “negociáveis”, seguindo a estratégia do novo controlador. 

Atualmente, a instituição é responsável pela gestão de R$ 11,9 bilhões por meio dos fundos HGRE11, HGRU11, HGFF11, CBOP11, HGRS11, HGLG11, HGCR11 e HGPO11 (os três últimos são recomendações da Empiricus). 

Conforme antecipado na nota de segunda (4), a venda da área de FIIs foi realizada para o Pátria Investimentos, em uma transação de até US$ 130 milhões

Equipe de gestão do CSHG deve permanecer no comando

Segundo o Valor Econômico, a equipe de gestão deve permanecer no comando dos fundos com um alinhamento econômico de longo prazo, o que consideramos positivo para as teses de investimento. O time consiste em mais de 20 pessoas e é capitaneado por Augusto Martins. 

A princípio, a gestão do CSHG ficará segregada das outras áreas de FIIs do grupo, que incluem os próprios FIIs do Pátria e da VBI Real Estate. No longo prazo, é esperada uma reorganização interna na alocação dos fundos.

O Pátria se consolida como uma das maiores gestoras/administradoras de fundos imobiliários da indústria, com quase R$ 20 bilhões de ativos sob gestão.

Vale lembrar que o processo ainda não foi encerrado, tendo em vista a necessidade de aprovação dos fundos em assembleia por quórum qualificado. Diante da pulverização da base dos fundos, esperamos que o processo dure alguns meses.

Mantemos a recomendação de compra para três fundos imobiliários da gestora

Mesmo com a possível volatilidade nas cotas em função da transação, seguimos com recomendação de compra para os fundos HGLG11, HGPO11 e HGCR11, todos presentes na Carteira Tática do Renda Imobiliária.

Na nossa visão, os fundos estão sendo negociados a preços convidativos, os quais já incorporam parte dos riscos do negócio, especialmente as estratégias de tijolos.

Assim que possível, entraremos em contato com a gestão para esclarecimento de dúvidas e para formular uma orientação para as assembleias.

Veja também neste relatório gratuito cinco fundos imobiliários recomendados pela Empiricus Research para dezembro. Clique aqui para baixar.