Times
Investimentos

O melhor copywriter do Brasil quer te ensinar como é possível ganhar R$ 13 mil reais por mês escrevendo textos do seu computador

Treinamento que fez Fernando Viera ficar milionário está aberto novamente; primeiras quatro aulas são gratuitas

Por Lucas Molina

17 de novembro de 2023, 07:06

Quem vê a viagem para Dubai, Irlanda e padrão financeiro que Fernando Vieira possui hoje no seu saldo bancário não consegue imaginar que há pouquíssimo tempo o pior pesadelo do residente da cidade de Campinas se chamava realidade.

Aos 18 anos de idade, sem emprego e faculdade, Fernando recebeu a transformadora notícia de que se tornaria pai.

Quer dizer, emprego ele até tinha: Fernando era DJ e tocava nas madrugadas. O salário da profissão, porém, mal conseguia sustentar o seu Chevette 1986, quem diria uma família inteira que em breve seria formada.

Fernando não sabia naquela época, mas a notícia bombástica seria a responsável por uma atitude que acabaria lhe dando uma nova vida, repleta de oportunidades e, principalmente, muito dinheiro na conta.

Afinal, o choque da futura paternidade fez com que Vieira fosse forçado a se movimentar. Ele não poderia mais trabalhar de madrugada – e muito menos para ganhar tão pouco.

Por influência de um amigo, Fernando parou com a vida de DJ e iniciou uma nova carreira: a de redator publicitário. 

A escolha da nova profissão veio após o convite de um amigo, que o chamou com a ideia de montar um carrinho de cachorro-quente. 

A obrigação de Fernando era fazer o carrinho de cachorro-quente bombar; em troca, caso seus planos dessem certo, poderia utilizar o case como o “passe” para trabalhar na agência em que pretendia.

Dito e feito: Fernando não fez apenas o carrinho virar notícia na cidade de Campinas e até mesmo no exterior…

Na época, ele estava assistindo ao seriado Breaking Bad e decidiu transformar o “dono” do carrinho no Heisenberg brasileiro, o lendário protagonista da série que ganhou fama global. A repercussão foi tão grande que saiu até mesmo em um jornal da Inglaterra:

Fonte: Mirror

O carrinho de cachorro-quente virou notícia mundo afora e Fernando conseguiu entrar na agência em que queria. Dali para frente, a carreira como redator publicitário engrenou de vez a ponto de ganhar mais de uma dezena de prêmios na área. 

Mas justamente quando as coisas pareciam estar funcionando na vida de Fernando, um novo episódio mudaria novamente a sua vida.

O emprego que mudou a vida de Fernando está com vagas abertas novamente e pode pagar até R$ 13.000 por mês

O segundo grande ponto de inflexão, que mudaria novamente a vida de Fernando, veio depois de um anúncio visto por ele no Youtube. Na peça, estava Roberto Altenhofen, CMO (Chief Marketing Officer) da Empiricus, a maior casa de análise financeira do país. 

No vídeo, Roberto anunciava que estava treinando e contratando interessados em aprender copywriting do zero. Fernando, assim como provavelmente você, não sabia o que era um Copywriter, mas descobriu ali do que se tratava.

Antes que você se confunda, este profissional nada mais é do que um redator publicitário que faz textos com foco em vendas.

No vídeo, Altenhofen demonstrava como aquela nova profissão estava crescendo exponencialmente no Brasil junto com a digitalização dos negócios. E como os profissionais da sua equipe recebiam propostas de trabalho todas as semanas. 

Eram vagas de trabalho que pagavam salários de 5 dígitos para que esses profissionais conseguissem ajudar as empresas em que trabalhavam a vender por meio da internet. Para você ter uma ideia, os salários de R$ 13.000 mesmo para iniciantes e algumas vagas ainda contavam com comissões que chegam na casa dos 6 dígitos por mês.

Fonte: Glassdor

No vídeo, Roberto ainda explicava o motivo daquela profissão ser considerada por ele “o melhor trabalho do mundo”. 

Afinal, como se o ‘salarião’ não bastasse, os profissionais dessa área praticamente não sabiam o que era estar desempregado, ficar estagnado em cargos irrelevantes, aguardar por promoções que nunca chegam, sentir que seu esforço nunca é suficiente ou ainda ver que seu trabalho não é valorizado. 

Por conta da pandemia, as empresas foram forçadas a acelerar sua entrada no digital e, em contrapartida, não houve crescimento equivalente de profissionais para suprir essa demanda. 

Hoje, já são mais de 9,8 milhões de empresas brasileiras que utilizam a internet para fazer vendas, segundo o Cetic.br. O mercado não forma gente pronta para trabalhar nesse ramo e, por isso, a oferta de profissionais não consegue acompanhar a demanda. 

Esse fenômeno, por sua vez, refletiu diretamente na remuneração desses profissionais, forçando as empresas a oferecerem os melhores salários e benefícios para atrair quem tivesse essa capacidade.

Mas o que fez o olho de Fernando brilhar não foram os salários grandes, mas sim a possibilidade de poder ganhar comissão pelas vendas que você gerava:

“Há uma discrepância salarial imensa entre o que um profissional de marketing comum ganha e o que um profissional de marketing digital recebe. Quando eu percebi isso, vi que poderia ganhar mais do que o dobro do que recebia fazendo praticamente a mesma coisa” – Fernando Vieira.

Fernando estava bem na profissão de redator, tinha um emprego estável, mas sabia que já estava “batendo no teto” se ficasse naquela função. Não à toa, Vieira viu naquele vídeo a chance perfeita para viver da escrita e fazer uma “virada de carreira”. 

Embora ele não soubesse o que era copywriting, percebeu que, com o direcionamento adequado, qualquer pessoa consegue se tornar um profissional de marketing digital disputado pelas maiores empresas do mundo – independentemente da profissão atual e do conhecimento prévio.

Isso porque atualmente existem diversos cursos profissionalizantes especializados em realizar essa transição de carreira. 

Eles já são focados em transformar jornalistas, redatores publicitários, escritores, vendedores, professores e diversos outros profissionais das mais variadas áreas em copywriters plenamente capacitados para atuar nas melhores empresas do país. 

Inclusive, alguns desses treinamentos possuem tanto respaldo que sua conclusão já é suficiente para que os alunos comecem a negociar até mesmo textos avulsos.

Esse é o caso do CopyCamp – o treinamento sobre o qual Roberto Altenhofen se referia no vídeo que apareceu para Fernando.

O treinamento CopyCamp nasceu com dois objetivos iniciais. O primeiro deles é suprir a demanda que a Empiricus – maior casa de análise financeira do Brasil  – possui ao não conseguir encontrar profissionais qualificados para ocuparem as vagas que são abertas.

Pode não parecer, mas a Empiricus é hoje um dos maiores players de marketing digital do Brasil. A grande responsável pelas maiores campanhas do país – provavelmente você já deve ter visto algum de seus anúncios.

O segundo seria aproveitar a expertise da própria empresa para se consolidar como um “hub” formador de copywriters do país – entregando aquilo que mais se aproxima do que seria um “diploma” para estes profissionais: o certificado AAA, amplamente reconhecido no mercado.

Dentro do treinamento, os alunos ainda têm acesso a um ‘marketplace’, que nada mais é do que um ambiente onde profissionais da escrita conseguem interagir com empresas interessadas em contratar seus serviços: é uma espécie de “Linkedin interno” do Copycamp.  As maiores e melhores empresas do mundo digital estão lá.

É por isso que a empregabilidade pós-curso é alta (já vou te mostrar as vagas que são oferecidas para os recém-formados).

O conteúdo também atende àqueles que possuem seu próprio negócio ou mesmo os que estão satisfeitos com sua carreira, mas buscam melhor performance em marketing e vendas.

Isso porque ele abre a metodologia que fez a Empiricus vender mais de 1 bilhão de reais em produtos digitais.

A boa notícia é que os interessados no CopyCamp já poderão colocar a mão na massa a partir de hoje – e o melhor, sem pagar nada por isso. 

As 3 primeiras aulas do treinamento já estão disponíveis gratuitamente para quem os interessados (para vê-las, basta clicar aqui)

E não pense que, por serem gratuitas, as primeiras quatro aulas serão apenas para “encher linguiça”. Você já vai poder colocar o conteúdo em prática para colher os resultados logo após as aulas, como o Fernando fez.

[INSCRIÇÃO GRATUITA] QUERO TRABALHAR NA ÁREA DE MARKETING DIGITAL E TER A CHANCE DE RECEBER ATÉ R$ 13.000 POR MÊS

R$ 130 milhões em 2 anos e meio: ele ‘tirou do ar’ a maior casa de análise financeira do país

Afinal, Fernando não ganhou apenas um emprego com a formação. Ele ganhou as habilidades necessárias para que ele conseguisse se tornar milionário em apenas 6 meses.

Antes mesmo de terminar o CopyCamp, Fernando já conseguiu um emprego na própria Empiricus, por ter sido um dos melhores alunos do treinamento. 

Ele começou na empresa como assistente de copywriting, mas em pouco tempo foi promovido para copywriter júnior, cargo em que o salário não era tão alto, mas pagava boas comissões caso o redator conseguisse fazer a empresa vender mais.

Bom, dito e feito: Fernando mergulhou de cabeça nos ensinamentos do CopyCamp e começou a implementar tudo o que havia aprendido no seu novo trabalho. O resultado?

Em apenas 6 meses, Vieira conseguiu vender cerca de R$ 60 milhões de reais. A comissão gerada foi mais do que satisfatória.

Fonte: excel

O curioso foi que Fernando conseguiu começar a sua jornada de sucesso logo no seu primeiro lançamento após se tornar copywriter.

Se você gosta de criptomoedas, provavelmente foi impactado pela ideia de Fernando. Denominado ‘5 moedas para buscar 1 milhão’, o lançamento foi um dos maiores da história da Empiricus, empresa em que Fernando trabalhava.

Os resultados foram tão grandes que a loja virtual da Empiricus simplesmente ‘saiu do ar’ por quase 1 hora devido a quantidade de acessos.

Foram 2 milhões de reais faturados em dois minutos, quase 10 milhões no primeiro dia e, no total, 24 milhões de reais faturados.

Ao todo, esse projeto custou para a Empiricus R$ 720 mil, tanto para a construção da lista de interessados quanto para impactar aqueles que estavam cadastrados. Um retorno de 2.900%.

Já Fernando ganhou uma boa comissão pelo projeto, que não foi o único sucesso. Afinal, ele continuou trabalhando duro em outras empreitadas milionárias.

Ao total, ele conseguiu vender cerca de 130 milhões de reais líquidos em apenas 2 anos e meio de trabalho.

Hoje, Fernando é considerado um dos melhores copywriters do Brasil porque, em resultados, é difícil encontrar relatos de redatores que tenham vendido tanto quanto ele.

Por conta do seu trabalho, Fernando chegou até mesmo viajar para Dubai – cidade que sempre quis visitar, mas nunca havia conseguido:

‘O mais perto que eu achei que chegaria de Dubai seria assistindo a Copa do Catar de casa. Eu nunca imaginei que conseguiria ir para lá em tão pouco tempo. Que minha vida mudaria tanto em apenas 6 meses. Eu tinha convicção de que poderia enriquecer, mas não tão rápido e muito menos logo depois da pandemia.’ – afirma Vieira

Os resultados obtidos pelo redator o fez ser chamado pelo próprio CopyCamp para ser professor. 

Ou seja, os alunos da formação poderão contar com os conhecimentos do próprio Fernando que trilhou uma jornada de filme até chegar ao seu primeiro milhão.

[INSCRIÇÃO GRATUITA] QUERO TRABALHAR NA ÁREA DE MARKETING DIGITAL E TER A CHANCE DE RECEBER ATÉ R$ 13.000 POR MÊS

Você pode sair do treinamento empregado ganhando altos salários

É claro que a história de Fernando é fora da curva – talvez você não consiga conquistar o seu primeiro ou próximo milhão tão rápido a partir dos conhecimentos do curso.

Mas isso não quer dizer que não dá para ganhar um baita dinheiro a partir do copycamp. Como disse no começo do texto, além de dar todo o conhecimento necessário para que você atue como copywriter, o CopyCamp ainda disponibiliza para os alunos um ‘marketplace’ – 

Alguns certificados já saem até mesmo empregados, enquanto outros são disputados a tapas pelas empresas que estão no marketplace. Veja abaixo alguns depoimentos de ex-alunos que foram contratados:

São propostas que podem chegar a R$ 15 mil mensais. As companhias só estão confortáveis em pagar esses valores astronômicos para os profissionais porque:

  1. Elas sabem que o CopyCamp forma os melhores copywriters do Brasil; e
  2. Esses profissionais conseguem gerar muito mais do que R$ 13 mil por mês em vendas para essas empresas.

Fernando, por exemplo, ganhava R$ 6 mil por mês quando vendeu 60 milhões. Ou seja, o fixo era razoável para a realidade brasileira, mas nada espetacular, enquanto a comissão o deixou milionário. O valor gerado é muito maior do que o pago e as empresas sabem disso.

[INSCRIÇÃO GRATUITA] QUERO TRABALHAR NA ÁREA DE MARKETING DIGITAL E TER A CHANCE DE RECEBER ATÉ R$ 13.000 POR MÊS

Até R$ 13.000 por mês: a próxima proposta de trabalho desse calibre pode ir para você 

Bom, mas nada do que aconteceu no passado garante que o mesmo vai acontecer no futuro, então de nada adianta olhar para todas essas propostas se nenhuma delas chega para você.

Para ter a chance de receber esse tipo de proposta o quanto antes no seu Linkedin, basta adicionar o Copycamp ao seu currículo.

E para que isso seja possível, você precisa assistir as 4 primeiras aulas inaugurais do curso e, depois, decidir se realmente quer continuar para as próximas.

O conteúdo ensinado nessas aulas foi o responsável por mudar a vida de Fernando e de outros milhares de brasileiros que estavam perdidos, sem perspectiva de progressão na carreira.

Talvez você não fique milionário de imediato, mas terá boas chances de receber propostas de trabalho. Para participar das 4 primeiras aulas introdutórias do CopyCamp, basta clicar aqui. Algumas delas já estão disponíveis para serem assistidas.

Sobre o autor

Lucas Molina

Redator Jornalista de dos dois maiores portais econômicos do Brasil, Seu Dinheiro e Money Times, com mais de 3 anos de experiência e 200 textos escritos sobre finanças e mercado.