Times
Investimentos

‘Estupidamente barata’, diz analista sobre ação que pode disparar com possível rali de Natal do Ibovespa; entenda

Além de se beneficiar do contexto econômico para a Bolsa, empresa tem forte desempenho na data comemorativa historicamente

Compartilhar artigo
Data de publicação
5 de dezembro de 2023
Categoria
Investimentos
ação ibovespa rali de natal
Imagem: Montagem/Empiricus Research

O Ibovespa e algumas ações específicas da Bolsa brasileira surpreeenderam neste mês. Com uma alta de 10,35% desde o dia 1º de Novembro, o principal índice de ações brasileiro deixou disparou e rendeu quase o CDI em um ano todo, mas ainda há espaço para um ‘presentinho de Natal’.

Segundo o analista Matheus Spiss, o Ibovespa pode engatilhar um processo de alta nos próximos meses e chegar a 140 mil pontos, com algumas ações específicas apresentando grandes valorizações nesse mesmo período. O início dessa guinada pode começar já no mês que vem, em dezembro.

No programa Giro do Mercado, Spiess afirma que o contexto macroeconômico atual é propício para que dezembro siga sendo um mês favorável para a bolsa.

‘Nós temos essas narrativas como Sell in May and go away (vender ações em maio, mês historicamente fraco para a bolsa) e temos também a do Rally de Natal e do final de ano, que é historicamente verificada’ – afirma Matheus.

Além do histórico positivo, o analista também afirma que existem critérios técnicos e objetivos para que os investidores possam conseguir extrair bons lucros até o final do ano.

Spiess explica que entre agosto e outubro o mercado viveu um período muito ruim e desde o início de novembro a tendência baixista se inverteu.

Afinal, a queda que perdurou entre agosto e outubro foi muito pautada pela alta das taxas de juros dos EUA, que pressionaram os ativos de risco globais.

Desde o início de novembro, esse movimento se inverteu, dando espaço para que os ativos de risco se valorizem aos moldes do que aconteceu entre março e julho deste ano.

Ibovespa em 140 mil pontos até o final do ano que vem

A folga nos juros dos EUA por sua vez dá espaço para que tenhamos mais cortes na taxa de juros aqui no Brasil, que já vem em processo de queda – teremos a última reunião do ano entre os dias 12 e 13 de dezembro.

Isso é importante, pois se por um lado o aperto na política monetária global fez com que as ações despencassem mundo afora, o seu afrouxamento é capaz de provocar grandes valorizações em algumas ações específicas.

Isso porque os múltiplos de preços tendem a se ajustar ao novo panorama de juros.

‘Se a gente convergir para o múltiplo histórico de preço sobre lucro estamos falando de grandes grandes multiplicações’

Matheus acredita que estamos caminhando para um nível de Selic terminal na casa dos 9% até o final de 2024. Caso isso aconteça, o Ibovespa pode superar a casa dos 140 mil pontos.

Para os analistas, a baixa nos juros aqui no Brasil e no mundo pode disparar um ‘gatilho duplo’ de valorização ao considerarmos um múltiplo comumente utilizado no mercado para ver se uma ação está barata ou cara – Preço sobre lucro (P/L).

O primeiro deles é aquilo que se chama “re-rating”. Com juros menores, o investidor topa pagar mais pelo mesmo lucro, já que a sua aplicação de renda fixa rende menos. Em outras palavras, a razão P/L se expande — o preço da ação aumenta em relação ao mesmo lucro. 

O segundo ‘gatilho’ é que quanto menor a taxa de juros local, espera-se que maior seja o consumo das famílias. Afinal, o dinheiro fica mais barato e as pessoas começam a comprar mais.

Dessa forma, o lucro das empresas também cresce – e o preço da ação tende acompanhar esse crescimento.

É por isso que quando temos a inversão do ciclo de juros em qualquer país o que se vê são altas expressivas das ações.

Abaixo, para ilustrar esse processo, os analistas reuniam outros momentos nos últimos 20 anos nos quais a Selic estava em torno de 9%, uma referência para o possível desfecho do ciclo de flexibilização. 

Observe como o P/L médio tenderia a ser mais elevado, o que poderia colocar as ações brasileiras em um patamar consideravelmente superior. 

Um detalhe relevante são dois períodos de maior distorção. 

O primeiro ocorreu durante o primeiro mandato de Dilma, quando os juros foram artificialmente mantidos em níveis baixos. O segundo aconteceu em um período mais recente, pós-pandemia, quando as taxas de juros ficaram excepcionalmente reduzidas. Mesmo excluindo esses dois momentos, os resultados ainda chamam muito a atenção.’

Caso os múltiplos convirjam para sua média histórica de 15 anos e a Selic chegue em 9% poderemos ver o índice superar a casa dos 140 mil pontos, com outras ações subindo ainda mais nos próximos meses, como explica Matheus:

‘Se voltarmos apenas a média dos últimos 15 anos podemos considerar uma multiplicação considerável, pra cima dos 140 mil pontos’

‘Enxergo um bom potencial de investimento para os próximos 12 meses em Bolsa e para a reta final do ano também enxergo possibilidades desse rally se materializar’ – afirma Matheus.

QUERO ACESSAR O RELATÓRIO COM A AÇÃO QUE ESTÁ ESTUPIDAMENTE BARATA

Esta ação está ‘estupidamente barata’, mas pode disparar a qualquer momento

Dentre as ações que podem superar o rendimento do Ibovespa nesta possível guinada, uma na visão do analista está ‘estupidamente barata’, e ainda pode disparar com a chegada do Natal.

Isso porque ela está inserida em um setor que se beneficia da época festiva. E, como apontado no relatório elaborado por Spiess e sua equipe, as companhias desse setor estão se beneficiando da defasagem deixada pela pandemia em relação ao fluxo de pessoas existente nos shoppings.

Pois é, mesmo depois de tanto tempo ainda não conseguimos retomar os níveis pré-pandemia. O que é bom para a ação, pois conforme a situação for se normalizando é esperado que a companhia fature mais.

Repare no gráfico acima como os níveis de fluxo ainda não voltaram para o seu patamar pré-pandemia.

Isso pode significar que o natal desse ano pode vir ‘turbinado’ impulsionando os resultados futuros da companhia e, consequentemente, o preço da sua ação.

Presente de Natal: veja quais ações tem potencial para disparar nos próximos meses

Mas essa não é a única ação que pode disparar na Bolsa. 

Para Matheus Spiess, existem outras 10 oportunidades de investimentos que representam verdadeiras oportunidades de uma vida para quem investir nelas agora.

A lista de ações está disponível online, para qualquer interessado em dar uma olhada nos papéis e na tese de cada um deles.

Para acessar a lista de Spiess, basta clicar aqui e fazer um breve cadastro. O relatório será enviado gratuitamente para o seu e-mail.

‘Com certeza vai [ter um presente de Natal]’ – explica Spiess.