Investimentos

IR 2022: veja o passo a passo para declarar seus fundos de investimento

Ainda não fez sua declaração de imposto de renda? Aqui você tem as informações essenciais para declaração dos seus fundos de investimento

Compartilhar artigo
Data de publicação
25 de março de 2022
Categoria
Investimentos

Separamos aqui informações preciosas para você declarar corretamente seus fundos de investimento.

Sabemos que sempre há muitas dúvidas, principalmente por existirem diversos tipos de fundos, cada qual com sua característica – de ações, renda fixa, multimercados, entre outros. 

Então, fique por dentro destes tópicos que constam no eBook “Imposto de Renda 2022 – Um guia completo para declarar seus investimentos”, preparado pela repórter  pela repórter do Seu Dinheiro, Julia Wiltgen. 

Com essas informações, certamente, tudo ficará mais fácil. 

Veja o passo a passo

Declaração dos saldos

Os saldos aplicados nos fundos sempre serão cadastrados na ficha de Bens e Direitos, no grupo 07 – fundos

No entanto, existe um código diferente para cada categoria:

01- Fundos de investimento sujeitos à tributação periódica (come-cotas) – renda fixa, multimercados e cambiais

02- Fundos de investimento nas cadeiras produtivas agroindustiais (Fiagro)

03- Fundos de investimento imobiliários (FIIs)

04- Fundos de investimento em ações e fundos mútuos de privatização

05 – fundos de ações – mercado de acesso

06- Fundos de Investimento em Participações (FIPs)

07- Fundos de Investimentos em Participações em Infraestrutura

o8- Fundos de Índice de Renda Fixa

09 – Fundos de ETFs

10 – Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs)

11 -Fundos de investimento sem tributação periódica

99- outro fundos

No campo “Discriminação”, você deve inserir o nome, CNPJ do fundo e da administradora.

Sobre as alíquotas de IR:

Os fundos de curto prazo têm alíquotas de IR que variam de 22,5% a 20%; já nos de longo prazo, vão de 22,5% a 15%. Quanto aos fundos de ações, eles são tributados em 15%.

Declaração dos rendimentos 

De acordo com o Guia preparado pelo Seu Dinheiro, os rendimentos são divididos entre os isentos (por exemplo, fundos de debêntures incentivadas) e os tributados exclusivamente na fonte.

No primeiro caso, deve-se declará-los na área “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”, utilizando o código 26

Já no segundo, na categoria “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva”, utilizando o código 6.

Novamente, é preciso informar o CNPJ da fonte pagadora, junto do valor líquido recebido. Neste caso, deve-se também informar o beneficiário de tais rendimentos.

Se você quer dominar de vez como preencher a sua declaração com informações de todos os tipos de investimentos que você possui, então acesse o Imposto de Renda 2022 – Um guia completo para declarar seus investimentos.

Com certeza, fazer seu IR deixará de ser uma dor de cabeça.

Você também pode gostar de ler: 

Imposto de Renda 2022: Como declarar títulos de renda fixa? 

Imposto de Renda 2022: veja como declarar suas ações,BDRs, ETFs e fundos imobiliários