Times
Investimentos

Vale (VALE3) divulga prévia operacional referente ao 3T22 com volume de produção acima do esperado pelo mercado

Veja a análise de Fernando Ferrer, da série Melhores Ações da Bolsa, com relação à prévia operacional de VALE3

Compartilhar artigo
Data de publicação
18 de outubro de 2022
Categoria
Investimentos
VALE3 vale fachada
Imagem: Shutterstock

A prévia operacional referente ao 3T22 da Vale (VALE3) trouxe uma boa notícia aos acionistas da companhia: o volume de produção da mineradora veio acima do esperado pelo mercado.

A produção de minério de ferro alcançou 89,7 milhões de toneladas (Mt), o que representa um crescimento de 21% em relação ao 2T22, refletindo o período seco no Sistema Norte e maiores compras de minério de terceiros e produção no Sistema Sul. 

Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior, o crescimento foi de 1,1%. Dado o bom desempenho de produção, é bastante provável que VALE3 consiga alcançar o seu guidance de produção para 2022, conforme detalhado na tabela abaixo.

Uma imagem contendo Texto

Descrição gerada automaticamente
Fonte: Vale

O volume de vendas atingiu 77,6 Mt no trimestre, alta de 6% em relação ao último trimestre. Importante destacar que a diferença entre produção (89,7 Mt) e vendas (77,6 Mt) é usual para um terceiro trimestre, dado pela maior estocagem em trânsito ao longo da cadeia e, portanto, não se caracteriza como uma fonte de preocupação. De acordo com a companhia, a depender das condições de mercado, é esperado que esse movimento se reverta já no próximo trimestre.

Produção da Vale (VALE3) de níquel e cobre também cresce

A produção de níquel aumentou 51% na comparação com o 2T22 para 51,8 mil toneladas (kt), uma vez que as refinarias retomaram após período de manutenção no 2T22. Como destaques, a produção de níquel proveniente do Canadá e da Indonésia apresentaram boas performances no trimestre. As vendas de níquel aumentaram 13%, mas ficaram abaixo da produção devido a compromissos de vendas no 4T22 durante a manutenção programada, baixa disponibilidade de containers e problemas na cadeia logística.

Para a operação de cobre, o crescimento foi de 33% na comparação com o 2T22, influenciado pelo retorno da operação do moinho de Sossego (Pará) após manutenção prolongada, bem como o melhor desempenho da planta de Salobo (Pará). Já as vendas de cobre cresceram 37%, em linha com a maior produção.

VALE3 segue como recomendação de compra

Em termos operacionais, a Vale apresentou bons números, que vieram inclusive acima da expectativa do mercado. Precisamos esperar a divulgação de seu resultado, que ocorrerá no início do mês que vem, para entendermos melhor como foi o desempenho financeiro da companhia.

Negociando a 5 vezes os seus lucros para 2023 e com um potencial de entregar um dividend yield de 13% para o próximo ano, a Vale (VALE3) segue como uma recomendação do nosso Book de Ações.

Leia também: