Times
Investimentos

“Arezzo (ARZZ3) é a grande compra para o mês de dezembro”, afirma CEO da Empiricus

Para Felipe Miranda, em momento desafiador para o varejo, inclusive na Black Friday, a preferência é por ARZZ3. Único risco na mesa é a reforma tributária.

Compartilhar artigo
Data de publicação
29 de novembro de 2023
Categoria
Investimentos
Arezzo (ARZZ3) setor de varejo de moda
Imagem: Arezzo

Em período de Black Friday, os olhos do mercado estão voltados para o varejo. As projeções, que variavam de 4% a 17%, não foram atingidas. Segundo o Índice Cielo de Varejo Ampliado (ICVA), as vendas do varejo brasileiro na Black Friday aumentaram 2,1% em relação ao ano anterior, impulsionadas pelas vendas online. Com isso, para Felipe Miranda, sócio-fundador da Empiricus, a preferência recai sobre nomes de qualidade do setor, como Arezzo (ARZZ3).

Por que queda da ação de Arezzo é oportunidade

As ações da varejista de moda sobem em torno de 4% em novembro, mas derretem mais de 18% nos últimos seis meses, como mostra o gráfico a seguir.

Performance da ação de Arezzo (ARZZ3) de junho a novembro de 2023.
Performance da ação de Arezzo (ARZZ3) de junho a novembro de 2023.
Fonte: Google Finance

Para o analista-chefe da Empiricus Research, as ações da Arezzo estão muito descontadas. “Mesmo Grupo SBF (SBFG3) voou, mas a Arezzo naqueles R$ 60 está muito para trás, esse negócio já foi R$ 100 e a empresa só cresceu desde então“.

“É um case muito quality, só entregou bom resultado, só cresceu e não tem por que [a ação] estar caindo desse jeito na Bolsa com a taxa Selic em queda. Claro que existe o risco da subvenção do ICMS, que poderia prejudicar o lucro da empresa, mas acredito que mesmo assim a companhia poderia se acomodar também nesse cenário. Pra mim, ARZZ3 é a grande compra de dezembro“, complementa.

Larissa Quaresma, especialista da casa em ações de varejo de moda, também acredita ser o melhor papel para atravessar períodos de turbulência, dado o poder de marca e posicionamento premium de Arezzo, como já comentou na divulgação dos resultados do 3T23 da companhia.

“O fato de focar na venda para um público de renda mais elevada permite à companhia ter margens maiores, repassando preços e crescendo volumes organicamente, mesmo em meio a um varejo pressionado pela demanda fraca dos últimos meses”, explica a analista.

Ela ainda acrescenta que a perspectiva para Arezzo é de crescimento de dois dígitos nos próximos trimestres, além de ganhos de rentabilidade decorrentes de uma base de despesas menor desde o 3º trimestre.

Negociando a 13 vezes o lucro estimado para 2024, a Arezzo (ARZZ3) se mostra interessante como um complemento a uma carteira de ações composta por 10 a 15 nomes, na visão da Empiricus Research.

“Essa estratégia deve ser implementada com a devida consideração ao dimensionamento das posições, alinhado ao perfil de risco individual, e uma adequada diversificação da carteira, incluindo as respectivas proteções associadas”, recomendam os analistas.

Além desse papel, confira outras ações recomendadas pela casa de análise neste relatório gratuito.