Investimentos

Renda fixa tem janela de oportunidades com retornos de dois dígitos; confira 2 indicações táticas para a carteira

Contexto macroeconômico é bastante convidativo para investimentos em renda fixa; veja algumas recomendações de Laís Costa, analista da Empiricus

Compartilhar artigo
Data de publicação
14 de fevereiro de 2022
Categoria
Investimentos

Com juros altos, a renda fixa é a grande estrela, está sob os holofotes. O cenário macroeconômico favorece esse tipo de investimento. 

É hora de buscar bons títulos e ‘travar’ retornos de dois dígitos na carteira. 

Recentemente, a Selic subiu para 10,75% ao ano. E não vai parar por aí. 

A ata do Comitê de Política Monetária (Copom) indicou que o ciclo de aperto pode durar para além de março. O cenário de referência atual, segundo analistas da Empiricus, sugere pico da Selic em 12% ao ano no primeiro semestre e uma taxa de 11,75% ao ano no final de 2022

A inflação segue elevada. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,54% em janeiro. Nos últimos 12 meses até o mês passado, acumulou alta de 10,38%.

E Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central, disse em um evento na última sexta-feira (11/02) que o pior momento da inflação ainda está por vir. Conforme ele, o pico será entre abril e maio, mas depois entrará em trajetória de queda. 

Portanto, é interessante aproveitar essa janela e buscar ativos para turbinar a parcela de renda fixa do seu portfólio, de acordo com o seu perfil e objetivos.

Os ativos de renda fixa são essenciais para você lidar com situações de emergência, proteger o seu patrimônio e manter o poder de compra, principalmente nestes tempos de IPCA bombando. 

Hoje, chamam a atenção as rentabilidades de títulos atrelados à inflação (taxa + índice) e aos indexados ao CDI (% do CDI ou CDI + taxa). Mas também há alguns títulos prefixados com rendimentos bastante atrativos. 

Mas, é preciso separar o joio do trigo. O ideal é planejar e pesquisar as melhores opções, antes de sair fazendo aportes.

E os assinantes da Empiricus, de qualquer série da casa, tem uma vantagem. Eles contam com o relatório Super Renda Fixa. Nessa publicação, a analista Laís Costa, junto com uma equipe de especialistas, fazem o picking dos melhores ativos. 

A divulgação das alternativas de investimentos em renda fixa é semanal. Além disso, Laís apresenta as atualizações do contexto macro. 

Se você ainda não é assinante ou ainda não leu o novo relatório, vou revelar aqui para você algumas das recentes indicações táticas da analista. Veja abaixo:

Um CDB (Certificado de Depósito Bancário) que paga IPCA + taxa:

E uma LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) prefixada:

Neste caso, como a LCA é isenta de IR, o investimento na taxa líquida indicada equivale a uma taxa bruta de 12,51% ao ano (se fosse um CDB, por exemplo, que é tributado). 

No relatório atual Super Renda Fixa tem várias outras opções e a analista traz novas recomendações a cada semana. 

Essa é uma maneira de melhorar a performance da fatia de renda fixa da sua carteira – você pode selecionar os ativos que fazem mais sentido para alcançar suas metas pessoais. 

#ficaadica

Se você está interessado na diversificação da sua carteira, conheça o Empiricus Pass, um combo com as assinaturas essenciais da casa por um preço especial, apenas R$ 34,90 por mês. Clique aqui para mais informações.