Times
Impostos

Como declarar CDBs no Imposto de Renda 2024? Saiba como funciona e como calcular

Os CDBs também precisam ser declarados no Imposto de Renda em algumas situações. Veja como declarar CDBs no Imposto de Renda.

Por Equipe Empiricus

21 de maio de 2024, 23:00

Imagem com números e porcentagens representando como declarar CDBs no Imposto de Renda.

Saber como declarar os Certificado de Depósito Bancário (CDBs) no Imposto de Renda é fundamental para evitar problemas com a Receita e até mesmo não correr o risco de cair na malha fina.

Dessa forma, é preciso ter muita atenção em como declarar CDBs no Imposto de Renda, considerando tanto o valor da aplicação como o rendimento dela.

Como funciona a tributação sobre CDBs?

Quem possui aplicações em CDB não precisa necessariamente declarar o Imposto de Renda, ao menos que se encaixe em algum dos fatores de obrigatoriedade listados acima. Nesse caso, é preciso declarar qualquer aplicação superior a R$ 140.

A alíquota de tributação do CDB varia de acordo com o prazo do investimento, sendo:

  • Até 180 dias: alíquota de 22,5%;
  • De 181 a 360 dias: alíquota de 20%;
  • De 361 a 720 dias: alíquota de 17,5%;
  • Acima de 721 dias: alíquota de 15%.

É de referir que os rendimentos são tributados na fonte, ou seja, o imposto é retido pelo banco ou corretora antes do pagamento dos rendimentos. É importante ressaltar, porém, que o IR incide apenas sobre o rendimento obtido, e não sobre o valor investido.

Para investimentos com resgate inferior a 30 dias também é incidido a alíquota do IOF que começa em 96% no primeiro dia e chega a zero no 30º dia.

  • Não dê dinheiro à Receita Federal à toa: você pode estar deixando de receber uma boa restituição do Imposto de Renda por algum equívoco na hora da declaração. Clique aqui e baixe GRATUITAMENTE um guia completo para não errar em nada na hora de acertar as contas com o Leão.

Como declarar CDBs no Imposto de Renda 2024?

No Imposto de Renda é preciso declarar não somente os rendimentos, mas também o próprio investimento, ainda que você não tenha que pagar o imposto, pois ele já foi retido na fonte. Veja o passo a passo:

Passo a passo para declarar CDBs no Imposto de Renda

Passo 1

Acesse o programa gerador da declaração do Imposto de Renda da Receita Federal. Feito isso, você terá que clicar na opção “Bens e Direitos”;

Passo 2

Depois, será preciso escolher o grupo “04 – Aplicações e Investimentos”. Uma vez feito isso, selecione o código “02 – Títulos públicos e privados sujeitos a tributação (Tesouro Direto, CDB, RDB e outros)”;

Passo 3

Clique então na opção “novo” e no campo “Situação em 31/12/2023”, informe o valor que você tinha investido em CDBs até essa data.

Passo 4

No campo “Situação em 31/12/2023”, informe o valor que você tem investido em CDBs até essa data. Insira o CNPJ da instituição financeira onde você investiu. 

Não esqueça que no campo discriminação é preciso informar o nome da instituição e o número da conta. Caso seja conjunta, informe o CPF do co-titular.

Lembre-se de que é preciso preencher todos os investimentos em CDBs que você possui no momento da declaração, mesmo que eles estejam em bancos ou corretoras diferentes.

Exemplos:

Imagine que você tenha um investimento de R$10.000,00 em um CDB do banco X e outro investimento de R$15.000,00 em um CDB do banco Y. O passo a passo para declarar esses investimentos seria:

Investimento em CDB do banco X:

  • Discriminação: CDB Banco X, conta 123456, investimento de R$10.000,00;
  • Situação em 31/12/2022: R$10.000,00;
  • Situação em 31/12/2023: R$11.000,00.

Investimento em CDB do banco Y:

  • Discriminação: CDB Banco Y, conta 7891011, investimento de R$15.000,00;
  • Situação em 31/12/2022: R$15.000,00;
  • Situação em 31/12/2023: R$16.500,00.

Como declarar rendimentos de CDBs no Imposto de Renda?

Caso você tenha resgatado o seu CDB em 2023, ou então ele tenha vencido dentro deste ano-calendário, é necessário também declarar os rendimentos do CDB no Imposto de Renda, conforme demonstrado abaixo.

Passo a passo para declarar rendimentos de CDBs no Imposto de Renda

Dentro do programa da Receita Federal você precisa encontrar a opção “Rendimentos Sujeito à Tributação Exclusiva/Definitiva”;

Clique no botão “Novo” para informar um novo rendimento. Selecione então o código “06 – Rendimentos de aplicações financeiras” e posteriormente escolha se eles são do titular ou de dependentes;

Informe o nome da fonte pagadora (banco ou corretora) e o CNPJ, bem como o valor líquido do rendimento recebido. Faça isso para todas as aplicações que você resgatou no ano passado.

Documentos e informações para declarar CDBs no Imposto de Renda 2024

Para declarar os CDBs no Imposto de Renda (IR), é importante ter em mãos alguns documentos para que você não tenha problemas depois, sendo eles:

  • Nome completo, CPF, data de nascimento e endereço;
  • Nome do banco ou corretora em que o CDB está investido, número da conta e valor investido;
  • Valor total dos rendimentos e do imposto retido na fonte pelo banco ou corretora;
  • Em caso de resgate antecipado, é necessário informar o valor resgatado e a data do resgate;
  • É recomendável ter em mãos também os comprovantes de investimento dos CDBs para verificar as informações e evitar possíveis erros.

Lembre-se que a declaração incorreta ou a omissão de informações pode levar a problemas com o Fisco e gerar multas e penalidades. Neste ano de 2024, a declaração se inicia no dia 15 de março e termina no dia 31 de maio.

Em resumo, declarar CDBs no Imposto de Renda é uma obrigação de todos os investidores que possuem esse tipo de aplicação. É importante prestar atenção às regras estabelecidas pela Receita Federal para evitar multas e outros problemas.

Então, já sabe como declarar CDBs no Imposto de Renda? O Seu Dinheiro, portal do grupo da Empiricus, elaborou um guia exclusivo onde você confere as particularidades de cada ativo para não errar em nada na hora de se acertar com a Receita. Clique aqui para baixar o material gratuito.

Sobre o autor

Equipe Empiricus

A maior equipe de análise de investimentos do Brasil, 100% dedicada a te ajudar a encontrar as melhores oportunidades de investimento.