“Carteação”

Ainda estão por aí? Janeiro de 2019 nem terminou e já ganhamos mais uma má notícia no colo, relacionada à institucionalização do bitcoin. O pedido […]

Compartilhe:
“Carteação”

Ainda estão por aí?

Janeiro de 2019 nem terminou e já ganhamos mais uma má notícia no colo, relacionada à institucionalização do bitcoin.

O pedido de ETF que mais tinha chance de ser aprovado, proposto da CBOE junto à VanEck e SolidX, foi retirado temporariamente da mesa da SEC (a CVM americana).

Foi um movimento estratégico dos proponentes para não levar uma negativa sem ter o caso estudado realmente.

Porque, como você deveria saber, o órgão americano (SEC) está paralisado há algumas semanas e assim deve permanecer por mais um tempo.

Logo, com a instituição sem “braço” para analisar corretamente a proposta, o mais provável era uma negativa pela simples manutenção do status quo, que é sempre mais confortável.

E a resposta do mercado foi absolutamente neutra em reação ao comunicado oficial.

Na mesma hora, você e o mundo se perguntam se esse é um claro sinal de “fundo do poço”.

Então vem aquela resposta padrão de quem não sabe nada, mas não perde a chance de falar algo quando é perguntado.

“Veja bem, parece realmente que chegamos ao ‘bottom’, mas não me assustaria se visse o preço do bitcoin caindo mais um pouco.”

Traduzindo:

“O preço está com cara de que vai subir, mas pode cair também, ou até permanecer neutro.”

É cultural você ter uma resposta para toda e qualquer pergunta que lhe fizerem, mesmo que essa resposta seja inventada na hora.

 

Leitura recomendada

Foram reveladas as 3 ações mais lucrativas de 2019, com potencial para multiplicar 5 vezes o seu dinheiro. Veja agora a lista completa e aproveite para surfar a grande onda de valorização do bull market brasileiro. Quem se antecipar e agir imediatamente terá uma chance histórica de ganhar R$ 5.000 para cada R$ 1.000 investidos.
 

Geralmente, o espírito de analista tem sempre algo na ponta da língua para falar. Já alguém com mais espírito de engenheiro deixa para formular a resposta na hora.

E, se o analista fez aquele curso de Engenharia em tempo integral, que durou sete anos, em alguma faculdade do interior da cidade, aí ele é basicamente um monstro sagrado da “carteação”.

Mas, olhando pelo seu lado, que ainda segue firme e forte absorvendo conhecimento em cripto, esse realmente pode ser o fundo do poço.

Uma notícia dessas que poderia realmente derrubar o preço, como já foi no passado, não trouxe nenhuma volatilidade ao BTC.

Mas não estou dizendo para você dar “all-in”; longe de mim. A regra de investir aquilo que você topa perder vai valer ainda em 2019.

O que quero dizer é que parece que tempos melhores virão – ou pelo menos não serão tão ruins quanto em 2019.

Na série Empiricus Crypto Alert, contribuímos com conhecimento e também temos sugestões pontuais de criptoativos.

Tudo focado em você, para que não se desespere em anos como 2018 – e também tire melhor proveito de anos como 2017.

Fica aqui o convite para você se juntar a nós neste ano que promete.

Aquele abraço,

André Franco