Quem converte, não se diverte

A newsletter de hoje é excepcionalmente curta. Na verdade, nem deveria estar sendo escrita, pois estou de férias aqui em Miami com a minha família. […]

Compartilhe:
Quem converte, não se diverte

A newsletter de hoje é excepcionalmente curta.

Na verdade, nem deveria estar sendo escrita, pois estou de férias aqui em Miami com a minha família.

Mas a Bia Nantes, publisher da Empiricus, é implacável. Não me deu folga nem nas férias, nem no dia do jogo do Brasil (contra a Costa Rica)!

Então, enquanto as crianças se aprontam para ir à praia, aproveito para dar um alô a você.

Meus poucos dias aqui na Flórida já foram suficientes para algumas observações superficiais.

Com o dólar a 4 reais, acabou a molezinha das compras. Está tudo caro. Tento não converter, mas o SMS do cartão, com os valores em reais, é impiedoso. E já sei que o pico do preço do dólar vai acontecer no dia do vencimento da fatura.

Economia americana pujante como nunca. Miami é um imenso canteiro de obras. Estão construindo e reformando tudo. É impressionante.

Poder assistir ao jogo do Brasil longe do alucinado Galvão Bueno é bom para a saúde. Recomendo fortemente.

Por enquanto, é isso.

Retorno para a minha família agora. Eles vão ficar por aqui mais um tempo, mas eu volto para o Brasil na semana que vem. Até logo!