Investimentos

Bolsa barata e atrativa: conheça 2 ações promissoras para surfar a onda de investimentos estrangeiros

Em contexto global complexo, Brasil emerge com sua gama de oportunidades; confira algumas delas

Compartilhar artigo
Data de publicação
6 de abril de 2022
Categoria
Investimentos

Em 2022, o Brasil tem liderado quando o assunto é o mercado de capitais. Para comprovar a tese, basta ler as notícias: o Ibovespa (principal índice de ações do país) está em primeiro lugar no ranking de melhor performance do mundo neste ano entre as bolsas de países emergentes, de acordo com o G1.

Nos primeiros três meses do ano, o índice avançou mais de 13% em reais até o último fechamento (5), enquanto os demais mercados emergentes, como a bolsa chinesa, tiveram quedas de mais de 10%. Mas você se engana se pensa que o Brasil é destaque apenas entre países em desenvolvimento…

Nos Estados Unidos, os índices de referência S&P 500, Dow Jones e Nasdaq também tiveram perdas nos primeiros meses do ano. O mesmo aconteceu na Europa, onde o DAX (índice de referência para a bolsa alemã) caiu. Enquanto isso, na Inglaterra, o índice de referência da bolsa ficou no zero.

O motivo? Bom, enquanto as bolsas estrangeiras ainda sofrem com os impactos da pandemia do coronavírus e da recente guerra entre Rússia e Ucrânia, o Brasil tem aproveitado para se tornar uma verdadeira “ilha de oportunidades” em 2022.

Ao contrário do restante do mundo, o país desfruta de um contexto favorável neste momento. Em primeiro lugar, não oferecemos risco geopolítico relevante, o que significa que dificilmente estaríamos envolvidos em alguma guerra.

Além disso, nossas ações estão baratas agora. Embora o Ibovespa tenha recuperado alguns pontos nos últimos meses, a verdade é que ainda há muito espaço para crescer. E se o cenário atual tem servido para mostrar alguma coisa, é que somos sim uma boa alternativa de investimento.

E não seria absurdo pensar que, nesse momento, somos talvez a única boa opção para investir entre as bolsas no mundo. Não é à toa que os investidores estrangeiros não param de colocar dinheiro no Brasil.

A prova disso é que, apenas nos primeiros três meses do ano, houve um saldo positivo de mais de 60 bilhões de reais de capital estrangeiro entrando na bolsa brasileira. Parece que os gringos entenderam que, apesar de nossos problemas internos, com eleições à vista, somos mesmo um celeiro de grandes oportunidades.

E se o Brasil embarcar no modo “avalanche de dinheiro”, continuando a receber cada vez mais capital estrangeiro, as ações de empresas brasileiras podem simplesmente explodir de valor nos próximos meses. Em especial, há duas delas que podem sair campeãs.

Essas ações foram identificadas por Felipe Miranda, estrategista-chefe da maior casa de análise financeira independente do Brasil. Na visão dele, essas duas ações podem surfar uma combinação de fatores perfeita e multiplicar por até 3 vezes o dinheiro investido:

  1. Estão muito baratas agora;
  2. Estão fora do radar da maioria dos investidores; e
  3. São ligadas a empresas com grande potencial de crescimento nos próximos anos.

A seguir, quero apresentar a você as duas melhores ações do Brasil modo “avalanche de dinheiro” e os motivos que levam a acreditar que esse é o timing perfeito para comprá-las.

As duas campeãs da bolsa no Brasil ‘dos gringos’

1. Uma ação ligada a commodities que você provavelmente nunca ouviu falar

A primeira empresa que pode se beneficiar com o Brasil recebendo uma enchurrada de dinheiro gringo estreou na bolsa não faz muito tempo, em novembro de 2020. Ela está ligada a commodities, setor da economia que vem reportando saltos de valorização com a guerra entre Rússia e Ucrânia.

Na visão de Miranda, trata-se de uma ação absurdamente barata agora e que está fora do radar da maioria dos investidores. Por isso, pode ser que você nunca tenha ouvido falar dela, apesar dos papéis terem entregado 108% de valorização desde o IPO, dobrando o capital de acionistas em menos de 2 anos.

No entanto, há espaço para mais. Por ser relacionada à uma commodity que vem se valorizando rapidamente nos últimos meses devido ao contexto da guerra, é de se esperar que ela entregue upsides ainda mais elevados nos próximos meses, de acordo com o estrategista.

2. Uma ação de empresa de construção civil que está “decolando”, mas ainda é uma barganha

A segunda ação de empresa recomendada por Miranda é do setor de construção civil, ou seja, relacionada à economia interna. É um negócio robusto, que conta com parceiros fortes, tem rígido controle de orçamento e tem potencial para escalar apenas replicando o seu modelo atual.

Para que você consiga visualizar melhor todo o potencial da empresa, basta pensar que o lucro líquido que ela deve entregar neste e no próximo ano, somados, já representam metade do que vale a empresa inteira. E, se levarmos em consideração o que ela possui em terrenos atualmente, já temos todo o valor de mercado da companhia.

No entanto, na análise de Miranda, as ações da empresa ainda estão valendo uma barganha. “A sensação que fica é a de que, em 18 meses, olharemos para os papéis dessa companhia e pensaremos: tive a chance de comprá-los por uma merreca”, afirma. 

QUERO SABER O NOME DAS DUAS AÇÕES QUE PODEM SAIR CAMPEÃS COM O BRASIL NO MODO “AVALANCHE DE DINHEIRO”

 

Por que comprá-las?

Acabo de dar a você um “gostinho” sobre as duas ações que podem sair vitoriosas com a injeção de dinheiro estrangeiro no Brasil. São ativos que, para Miranda, têm potencial de explodir de preço no médio a longo prazo. Mas, antes de dizer como você pode ter acesso ao nome delas, gostaria de mostrar uma coisa. 

De nada adianta afirmar o quanto o estrategista-chefe tem convicção de que o país está entrando em um modo de “avalanche de dinheiro” sem comprovar com fatos como isso está acontecendo. Então, para começar, gostaria que você desse uma olhada nesse gráfico:

Imagem: TradingView

O gráfico acima mostra o abismo entre o desempenho da bolsa brasileira em relação às bolsas dos outros países dos BRICS (agrupamento econômico composto pelo Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul). Com exceção da disparada do Brasil, na linha em azul escuro, os demais estão caindo muito ou próximos do zero.

“Entre os países relevantes e com alguma liquidez, a Rússia se tornou “ininvestível” (com o perdão do neologismo), a Índia está consensualmente cara, China oferece grande complexidade e desalinha-se aos valores ocidentais clássicos, num momento em que esses valores voltam a ser enaltecidos em termos relativos. Ou seja, dos BRICs, só sobrou o B” – Felipe Miranda

Não somos um país perfeito, e estamos longe de ser, mas hoje temos ainda outros dois fatores que jogam ao nosso lado:

  1.  Valuation: o Ibovespa negocia hoje próximo a 8 vezes lucros projetados, um desconto de cerca de 30% sobre a média histórica, que é de 12 vezes;
  2. Prêmio de risco cambial: usado para estimar a atratividade da bolsa brasileira relativamente à renda fixa, ronda 4%, frente uma média recente inferior a 3%.

Em outras palavras, isso significa que as ações brasileiras, mesmo com a alta em 2022, continuam baratas, seja frente à renda fixa local, à sua média histórica de apreçamento ou em  comparação com as bolsas internacionais.

Mas ainda assim é provável que poucas pessoas tenham notado essa oportunidade. Por enquanto, o investidor brasileiro encontra-se deslumbrado com os títulos de renda fixa na casa dos 2 dígitos. Não estou dizendo que eles estão errados, não me leve a mal… A renda fixa é realmente atrativa com a Selic acima de 11% ao ano.

No entanto, você pode estar deixando dinheiro na mesa nesse momento se não aproveitar o momento macroeconômico para comprar ações brasileiras, principalmente depois de tomar conhecimento de tudo o que lhe contei acima.

Você ainda está no timing certo para entrar para a “festa”, mas ela pode não durar muito tempo. A tendência natural é que os investidores estrangeiros invistam primeiro nos ativos mais líquidos e sólidos, de empresas como Vale e Petrobras. É o que eles estão fazendo agora…

Mas pode não demorar muito para que esse movimento se transfira para ações menores e fora do radar, isto é, aquelas com maior potencial de valorização. Conforme as ações mais sólidas se valorizam, os gringos começam a migrar para os ativos menos capitalizados. E é aí que mora a grande oportunidade para o investidor brasileiro.

As ações recomendadas por Miranda e que eu apresentei a você mais acima fazem parte dessa segunda onda de lucros da bolsa. Elas estão ligadas a setores da economia que estão se valorizando rapidamente devido ao cenário e logo podem assistir a upsides acima da média.

Miranda não quer que você perca a oportunidade de lucrar com as duas ações mais promissoras da carteira dele este ano. Por isso, decidiu abrir o nome delas não apenas para seus seguidores, como também para os demais investidores, sem que seja preciso assumir nenhum tipo de compromisso para consultá-las.

A seguir, mostro onde você pode conferir as duas ações com maior potencial da bolsa no Brasil modo “avalanche de dinheiro”.

Este é o caminho para consultar os nomes das ações que podem ser as campeãs da bolsa brasileira em 2022

Como prometido, aqui está o caminho para que você confira os tickers das duas ações brasileiras indicadas por Miranda para ter a chance de surfar o contexto macroeconômico. Lá, você terá acesso à tese completa dele, com todo o racional de investimento por trás desses papéis.

Essas ações fazem parte da carteira do estrategista, chamada “Oportunidades de Uma Vida”. Desde que foi criada, em setembro de 2015, ela superou rigorosamente todos os índices de referência do mercado.

Isso significa que quem acompanha a carteira e segue à risca as recomendações, está há 6 anos com os papéis que puxam a média da bolsa para cima. Como também pôde multiplicar o capital investido, em média, por 5 vezes, mesmo considerando as quedas da pandemia e, mais recentemente, com a guerra.

E, se você quiser, poderá conhecê-la pelos próximos 7 dias sem que precise assumir qualquer tipo de compromisso financeiro com Miranda. Funciona assim: ao acessar essa página, você vai receber a tese completa do estrategista e será convidado a conhecer a carteira completa dele.

Lá, além de receber os relatórios com as duas ações mais promissoras para 2022, você poderá conhecer os outros ativos que Miranda está recomendando no momento. E isso pode vir a calhar se você está buscando construir um portfólio diversificado, que maximiza os lucros ao mesmo tempo em que minimiza as perdas…

E, caso você chegue à conclusão de que as informações compartilhadas por ele não valem a pena, pode seguir com a sua vida, sem ressentimentos. Basta que você solicite o cancelamento dentro dos 7 dias.

Agora, se gostar do que viu e quiser continuar, receberá ordens de compra e venda direto no seu e-mail, com uma equipe ajudando-o a buscar os maiores lucros possíveis diante do cenário econômico.

QUERO CONHECER A CARTEIRA DE “OPORTUNIDADES DE UMA VIDA” E SABER QUAIS SÃO AS AÇÕES QUE PODEM DECOLAR EM 2022

Pouquíssimas pessoas conseguem assumir uma postura pragmática e efetivamente se expor a elas. A maioria vai ler tudo o que eu disse acima e, mesmo assim, continuar de fora, por puro medo ou insegurança. Mas é exatamente isso que diferencia investidores com lucros medíocres daqueles que realmente constroem fortunas.

O primeiro passo é agir. Em segundo passo, é preciso discernimento, pois não dá para comprar qualquer coisa nesse momento e torcer para ficar rico. Para ter chances de pegar grandes ondas de lucro, é preciso investir nos ativos certos, ser cirúrgico nas suas escolhas.

É justamente isso que Miranda está propondo a você hoje. Ativos escolhidos a dedo, quase que “garimpados” na bolsa. Se quiser saber mais sobre eles, sugiro que ao menos dê uma chance para que o próprio estrategista explique suas escolhas:

SAIBA COMO TER ACESSO ÀS DUAS AÇÕES QUE PODEM SAIR CAMPEÃS COM O BRASIL NO MODO “AVALANCHE DE DINHEIRO”