Hora da mudança

Não é de hoje que carrego uma máxima que ouvi no mercado cripto, que define muito bem como vivemos “civilizadamente” nesse ambiente. “Todo mundo é […]

Hora da mudança

Não é de hoje que carrego uma máxima que ouvi no mercado cripto, que define muito bem como vivemos “civilizadamente” nesse ambiente.

“Todo mundo é picareta até que se prove o contrário.”

Principalmente se a empresa ou pessoa for novo entrante no mercado, a primeira coisa de que se acusa ela é de picaretagem.

Nesse mundo, o benefício da dúvida custa muito caro e é pago à vista.

Temos desde esquemas de pirâmide que requerem amigos de amigos seus, até operações com 50 por cento de lucro garantido.

Todos eles geram desconfiança de cara, mas o primeiro caso pode ser apenas um programa de “member get member” que empresas como Uber, 99 e Rappi já fizeram. Já o segundo pode ser um cashback de 50 por cento.

Mas não importa, se você está no mercado cripto a regra de ouro é desconfiar; pelo menos é assim que a maioria sobrevive por aqui.

Além desses exemplos, existem alguns erros que persistimos em cometer mesmo quando sabemos deles, simplesmente por falta de opção.

 

Leitura recomendada

Luciana Seabra mostra como lucrou (e ajudou os leitores a lucrarem) muito com ações sem precisar comprar ações. Ela ensina os assinantes da sua séria a investirem da mesma forma que os maiores investidores profissionais do mercado financeiro. E tudo depende de uma simples atitude, que pode te mostrar esse novo mundo de rentabilidade em menos de 24 horas. Veja aqui o recado que ela gravou.
 

CoinMarketCap é um exemplo claro desses erros cometidos repetidamente.

A página nasceu antes do bull market de dois anos atrás e se consolidou como grande marca em 2017. No entanto, sem crivo algum, eles reportam dados colhidos das corretoras que podem ser falsos.

Na verdade, a Bitwise, empresa que está pleiteando uma aprovação de ETF no mercado americano, já disponibilizou um estudo no qual fala que 95 por cento do volume negociado e reportado pelas corretoras no mundo é falso.

Mesmo assim, o CoinMarketCap continua a reportar os preços e volumes baseados nesses dados falsos entregues pelas corretoras.

E a situação só piora: tanto jornais como páginas especializadas reportam o CoinMarketCap como referência de dados, e isso faz com que uma mentira seja contada mil vezes, o que, naturalmente, se torna uma verdade.

Inclusive, esse era o nosso caso até hoje — desculpe, a falta de opção nos empurrava para isso.

Abaixo desta newsletter temos a nota da nossa equipe, que sempre é feita pelo Nicholas ou pelo Luiz, e mais abaixo temos a variação e o preço dos top 10 ativos do mercado.

Até a semana passada, usávamos o CoinMarketCap como referência por falta de uma ferramenta mais confiável.

Hoje isso muda e passamos a usar uma página que tem um pouco mais de idoneidade e que se compromete a trazer transparência para o mercado cripto.

Messari é uma página que acompanhei desde o tempo em que era apenas uma ideia. E, claro, a primeira coisa que pensei foi que eram picaretas. Instinto de defesa, apenas isso.

No entanto, o projeto evoluiu e hoje já entrega uma ferramenta gratuita muito boa para acompanhar preço e volume dos principais ativos do mercado. É de assustar a quantidade de dados disponíveis aqui.

E é por um mercado mais transparente e com dados fidedignos que estamos mudando nossa referência para reportar variação de preço dos principais ativos.

Assim, saímos de uma visão no mínimo duvidosa para uma mais honesta sobre o mercado.

Aquele abraço,

André Franco


Você está perdendo uma chance de ganhar dinheiro

Quer saber, em primeira mão, quais são as melhores oportunidades de investimento do momento? Libere aqui para receber as nossas notificações e não perca nenhuma chance.