Empiricus Play

As grandes players da Bolsa: saiba o peso da Petrobras e da Vale no Ibovespa

No vídeo, analista explica o cenário atual da Bolsa de valores e quais os efeitos das duas companhias no principal índice, o Ibovespa

Compartilhar artigo
Data de publicação
29 de setembro de 2021
Categoria
Empiricus Play

Nos pregões e negociações da Bolsa, dois nomes se destacam com unanimidade: Petrobras (PETR4, PETR3) e Vale (VALE3). As duas produtoras de commodities estão sempre presentes e representam fatias consideráveis do Ibovespa.

  • A Vale tem 12% de participação no principal índice da Bolsa

  • E a Petrobras tem 10% de participação

No vídeo de hoje, Matheus Spiess, analista da Empiricus,  explica qual o motivo para elas dominarem a Bolsa e suas implicações:

Commodities em jogo

Primeiro, é necessário entender que as duas empresas são tradicionais produtoras de commodities e a Vale é uma das principais exportadoras do nosso país. 

Por isso, quando há um dia ruim para o minério de ferro na VALE3, ou para o petróleo na PETR4, a queda é certeira, mesmo que os outros setores da bolsa vão bem.       Estes dois produtos, sendo essenciais à economia e estando em grande quantidade nas ações da bolsa, acabam puxando o índice para baixo.

Agora, vamos te explicar um pouco mais sobre cada uma destas companhias:

Vale (VALE3)

No começo do ano, a companhia atingiu uma máxima histórica, aquecida pela expectativa de um novo ciclo de commodities. No entanto, houve uma correção da cotação do minério de ferro, o que logo empurrou o preço das ações da companhia para baixo.

Mas na opinião de Matheus Spiess, apesar da queda de preços no mercado, a Vale possui um grande diferencial: sua alta eficiência e dívida baixa. Esses são alguns dos motivos para a empresa constar em diversas carteiras da Empiricus.

Petrobras (PETR3 e PETR4)

Já no caso da Petrobras, deve-se entender que a companhia opera atualmente em três ramos: pesquisa, extração e refino. E nesses três âmbitos, há uma evolução por parte da empresa, mas também, fatores desafiadores.

Por conta do preço do petróleo ser negociado com a média de preço dada pela OPEP, que durante a pandemia caiu drasticamente, agora vemos o valor se recuperando. No entanto, a Petrobras possui um valor de risco maior atrelado à política, que pode ser decisiva em 2022.

Então, se você quiser saber mais sobre os dois tickers e os efeitos no Ibovespa, é só conferir o vídeo que o analista Matheus Spiess preparou.