Empiricus Play

Fundo de investimento em urânio: como e por que investir?

É um boom renovável: saiba se é hora de ter o mineral em sua carteira.

Compartilhar artigo
Data de publicação
3 de maio de 2021
Categoria
Empiricus Play

A onda de sustentabilidade está cada vez mais tomando o mundo. Com diversos países, como Suécia e Holanda, incentivando o uso de fontes renováveis de energia, não é de se admirar que o assunto pegue. E isso nos leva ao assunto de hoje: o urânio.

O mineral, uma fonte de energia renovável limpa e segura, está se firmando em uma corrida rápida e disputada no mercado internacional. O Cazaquistão e Canadá, maiores mineradores do produto, estão picareta a picareta para conseguir essa mina de ouro (no caso, urânio). Sua baixa nos preços mostra que está na hora de investir para ter um bom retorno.

Diferente de outros ciclos de commodities, ele está surfando em uma mudança de fluxo do mercado, partindo para a “temática” eco. Portanto, possui tudo para ganhar espaço na carteira dos figurões com altas cifras nos próximos tempos, seja em forma de ações, ou melhor ainda, nos fundos de investimento do mesmo. Ainda não se convenceu? Então, dá um play no vídeo acima e deixa o Matheus Spiess te explicar!

Se interessou? Conheça o fundo de Urânio da Vitreo clicando aqui.