Investimentos

Mercado pode até premiar Banco Inter (BIDI11) no curto prazo, mas Felipe Miranda alerta sobre desafios da alta de juros e para monetização

Em seu grupo Ideias Antifrágeis no Instagram, o analista comenta sobre temas corporativos e do cenário macro

Compartilhar artigo
Data de publicação
18 de abril de 2022
Categoria
Investimentos

Um dos grandes destaques do ambiente corporativo no início desta semana é a retomada do plano de reorganização societária do Banco Inter (BIDI11) para listagem na Nasdaq. A nova proposta, divulgada em fato relevante, é de migração da base acionária para a holding Inter & Co, com oferta de ações bolsa americana e a negociação de BDRs na B3. 

Em dezembro do ano passado, o banco havia desistido de tocar esse processo, porém agora, informa a mudança em sua estratégia.

Para Felipe Miranda, co-CEO da Empiricus, as ações do banco podem até ter reação positiva no curto prazo, porém, ele não vê fôlego consistente em função de um ambiente desafiador. 

“O mercado costuma premiar esse tipo de movimentação. Depois daquela tentativa mal sucedida, vejo boas possibilidades de que de fato a listagem aconteça e acho que as ações do banco podem até ganhar um momento melhor no curto prazo, embora fique sempre o alerta das taxas de juros mais altas na exterior, que batem muito no valuation”, disse o analista nesta segunda-feira (18/04) em seu grupo no Telegram Ideias Antifrágeis , canal direto que mantém com os assinantes da casa. 

Os Estados Unidos iniciaram o ciclo de aperto monetário. Com essa nova dinâmica macro, segundo Felipe, os cases de growth (crescimento) e de tecnologia tendem a sofrer. Como buscam crescimento dos lucros em uma janela temporal mais ampla, quando a taxa de juros aumenta, ao se trazer o fluxo de caixa a valor presente, o efeito é a queda dos seus valores de mercado (valuations). 

Ele completa: “Eu sou um pouco mais ortodoxo, na linha de Modigliani-Miller. Uma empresa não gera valor a partir de onde está listada. A companhia indo para a Nasdaq será a mesma, com os mesmos fluxos de caixa”.

Outro ponto de atenção levantado pelo co-CEO da Empiricus diz respeito às dificuldades que os bancos digitais como Inter e Nubank têm enfrentado para monetizar suas operações e conceder crédito. 

Ainda sobre bancos…

O Banco Pan (BPAN4) confirmou que houve vazamento de dados, mas ainda não divulgou a sua dimensão. Portanto, é um assunto que precisa ser monitorado.  “A ação pode sofrer um pouco hoje, tem sido assim com empresas que apresentam problemas cibernéticos”, comenta Felipe. 

Quanto ao Santander (SANB11), a notícia quente é o anúncio de polpudos proventos. O Conselho de Administração do banco aprovou o pagamento de R$ 700 milhões em dividendos intercalares e de R$ 1 bi em juros sobre capital próprio (JCPs). 

Estes foram alguns dos temas abordados no Ideias Antifrágeis. Ao assinar uma das séries essenciais da Empiricus, é possível participar desse seleto grupo e ter acesso às informações mais quentes do mercado.