Personalidades

Quem é Michael Burry?

Conheça o investidor que previu a crise imobiliária de 2008 (e ganhou dinheiro com ela)

Compartilhar artigo
Data de publicação
7 de janeiro de 2021
Categoria
Personalidades

Michael Burry foi o homem que previu e ganhou dinheiro com a crise de 2008, quando muitos americanos ficaram sem dinheiro para pagar o financiamento dos seus imóveis e pararam de pagá-los.

Ele é também conhecido como o investidor que inspirou o protagonista do filme “A Grande Aposta”.

Em 2008, ele tinha 37 anos. Sua vida até então tinha sido pouco usual.

Quando tinha dois, o americano perdeu um olho por causa de um câncer. Estudou medicina e chegou a entrar na residência de neurologia de Stanford, mas não concluiu.

O que ele gostava mesmo era de mercado financeiro. Abriu um site sobre o assunto e, em 2000, um fundo de investimentos, o Scion Capital, com dinheiro que havia herdado e com empréstimos da família.  

O rapaz era bom. No primeiro ano, o S&P 500 caiu 12%, mas o fundo de Burry subiu 55%, apostando contra as ações de tecnologia e se beneficiando da bolha da internet. Ele continuou superando o índice nos anos seguintes.

Em 2005, ele começou a se interessar pelo mercado imobiliário. Percebendo que os bancos estavam emprestando para qualquer um que pedisse dinheiro para comprar uma casa, mesmo que não tivesse renda, ele previu que haveria um calote generalizado em algum momento.

Ele começou a comprar, então, produtos financeiros que fariam com que ele ganhasse dinheiro caso os devedores dessem calote nos seus empréstimos imobiliários (mais tecnicamente, credit default swaps).

O lucro: mais de US$ 700 milhões, distribuídos para os seus cotistas (ele próprio ficou com US$ 100 milhões).

Ele então fechou o seu fundo e passou a investir apenas para si mesmo. Desde então, diz ter investido em ouro e terras agrícolas, embora não saibamos exatamente o que ele está fazendo com o dinheiro.