Empiricus Educação

2022: um ano de vacas gordas?

Quando olhamos para os últimos cinco anos, não temos grandes dificuldades em rotular narrativas. Por exemplo: 1. 2018 foi o ano do frustrado aperto monetário do Fed (o banco central americano);2. 2019 foi o ano da guerra comercial (EUA vs China);3. 2020 foi o ano da pandemia;4. 2021 foi o ano da esperança pelo fim […]

Compartilhar artigo
Data de publicação
13 de junho de 2022
Será que 2022 será um ano bom?

Quando olhamos para os últimos cinco anos, não temos grandes dificuldades em rotular narrativas. Por exemplo:

1. 2018 foi o ano do frustrado aperto monetário do Fed (o banco central americano);
2. 2019 foi o ano da guerra comercial (EUA vs China);
3. 2020 foi o ano da pandemia;
4. 2021 foi o ano da esperança pelo fim da pandemia.

Agora, quando chegarmos em 31 de dezembro deste ano, 2022 terá sido o ano de quê?

Da guerra na Ucrânia à inflação de dois dígitos, passando pelo que pode ser o maior ciclo de aperto monetário americano desde os anos 1980, não faltam candidatos para rotular 2022.

Se você me permite sonhar, quero fazer uma previsão otimista:

2022 será o ano dos dividendos!

Faz tempo que estamos esperando por esse ano, não? 

Nos últimos tempos vimos um frenesi com startups coloridas que oferecem benefícios como piscina de bolinhas e dia do chinelo. O “contrarian” foi o investidor “raiz”, que buscou fluxos de caixa previsíveis e valuations convidativos.

Mas esse jogo está mudando. Veja só:

Neste ano, o índice Pacer US Cash Cows 100, que compila cem das maiores pagadoras de dividendos dos EUA, sobe mais de 4%, enquanto o S&P 500 cai cerca de 15% e o Nasdaq perde um quarto do seu valor.

Performance em 2022 dos ETFs COWZ (Cash Cows), SPY (S&P 500) e QQQ (Nasdaq) 

Elaboração: Empiricus | Fonte: Koyfin

No Brasil, a comparação é prejudicada neste momento, pois as principais posições do Ibovespa (Vale, Petrobras, bancos, B3) são também excelentes pagadoras de dividendos.

Mesmo assim, o DIVO11, ETF que segue o índice de dividendos da B3, sobe praticamente 8 pontos percentuais a mais que o Ibovespa em 2022.

Performance do DIVO11 (vermelho) contra o Ibovespa (preto) em 2022

Elaboração: Empiricus | Fonte: Koyfin

Com foco crescente em geração de caixa e previsibilidade, vimos uma rotação de portfólios global. O dinheiro vem deixando nomes de crescimento e se amontoando em nomes com geração de caixa e múltiplos baixos, tipicamente pagadores de dividendos.

Mesmo diante de um mercado difícil, estou otimista com a possibilidade de dividendos gordos no restante do ano.

E estou apostando especialmente em 13 ações boas pagadoras de dividendos. Elas estão disponíveis na série Vacas Leiteiras, que você pode acessar por sete dias gratuitos no link abaixo.

DEGUSTAÇÃO GRATUITA: VEJA A LISTA DE AÇÕES VACAS LEITEIRAS

Um abraço!