Puro Malte

Papo diversificado: do golpista do Tinder às tensões entre Rússia e Ucrânia; confira este episódio do Puro Malte

Procurar o par perfeito na internet virou uma ação comum neste século. Os aplicativos de encontros ou as redes sociais se tornaram o meio mais prático para essa busca. No entanto, como muitos sabem, a internet facilita a vida,ao mesmo tempo que oferece riscos aos seus usuários. Afinal, você nunca sabe realmente quem está do […]

Compartilhar artigo
Data de publicação
23 de fevereiro de 2022
Categoria
Puro Malte

Procurar o par perfeito na internet virou uma ação comum neste século. Os aplicativos de encontros ou as redes sociais se tornaram o meio mais prático para essa busca. No entanto, como muitos sabem, a internet facilita a vida,ao mesmo tempo que oferece riscos aos seus usuários. Afinal, você nunca sabe realmente quem está do outro lado da tela. 

O tema ganhou destaque com a repercussão do documentário “O Golpista do Tinder”.

Não está a par? Fique tranquilo!

No episódio “O golpe tá aí. Vai cair?”, Felipe Miranda e Rodolfo Amstalden, fundadores da Empiricus, juntamente com Bia Nantes, COO da casa, e a jornalista Roberta Scrivano dão destaque ao caso do farsante Shimon Hayut.

Para contextualizar, o israelense se passou por um multimilionário e aplicou golpes em várias mulheres. Por meio do Tinder, aplicativo de namoro, seduzia as vítimas e, após um período de relacionamento, começava a pedir dinheiro, alegando problemas com o seu patrimônio. Logo após, desaparecia do mapa.

A prática é conhecida como estelionato emocional, que é quando alguém obtém vantagem para si a partir do prejuízo de outra pessoa, por meio dos laços afetivos.

“Quando você vê esse caso com o chapéu de espetador, parece uma idiotice das vítimas. Mas no cotidiano do mundo digital é comum cair em golpes como esse”, observa o sócio fundador da Empiricus, Rodolfo Amstalden.

Para ele, a internet deixou os internautas vulneráveis, uma vez que crimes cibernéticos são de baixo risco aos infratores. “É muito tranquilo para o criminoso virtual praticar golpes, já que ele tem certa proteção da sua identidade e pode se passar por outra pessoa. Diferentemente, um que rouba a luz do dia pode ser facilmente identificado”, conclui.

Todo jornalista se acha?

Mas se você acha que a conversa parou por aí, engano seu. Os integrantes do Puro Malte trouxeram à mesa a discussão quanto ao comportamento profissional dos jornalistas nas redações. Nisso, dão destaque aos comunicadores que cobrem as ações do grupo criminoso PCC (Primeiro Comando da Capital).

“Todo jornalista se acha. E os [jornalistas] que cobrem o PCC é tipo o máximo da redação”, pontua Scrivano. Os integrantes do Puro Malte dizem que muitos profissionais do jornalismo têm um ar de superioridade e que a sua atuação é envolta em alguns mistérios, a exemplo das fontes para produção das matérias. 

“Farialulers” = Faria Limers ou mercado + Lula

Fora isso, eles discutem o fenômeno “Farialulers”, neologismo que aponta a adoção do mercado brasileiro ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato. 

“Eu encontrei um grande economista. Ele me disse: ‘que curioso, o mercado virou lulista’. Ou seja, para esse economista, o que era um grande medo do mercado, deixou de ser”, ressalta Felipe Miranda em menção a fala do economista.

Ademais, no centro da troca de ideias entrou o atual momento da Bolsa de Valores, com a desvalorização das ações brasileiras e o fluxo de capital estrangeiro; a regulamentação do mercado de criptomoedas e os benefícios aos investidores; e por último, as tensões entre Rússia e Ucrânia e o que isso pode significar no mundo dos investimentos.

Por fim,  não podíamos deixar de lado as dicas culturais que Miranda, Amstalden, Scrivano e Bia Nantes compartilham com você. Segue aí:

Para se inscrever e aprender:

– CEO Conference do BTG – Daniel Goldberg: https://emprc.us/1MCEkR

Para ouvir:

– Podcast 451 MHz, episódio sobre a Semana de 22: https://emprc.us/o9PXdE

Para ver:

– A terra é plana, na Netflix

– Inventando Anna, na Netflix

– Audible, na Netflix

– Golpista do Tinder, na Netflix

– No ritmo do coração, na Amazon Prime

– Mães Paralelas, de Pedro Almodóvar, na Netflix

Para ler:

– Artigo de Fernando Torres sobre regulação de critpo: https://emprc.us/2tOCTa

– Limonov, de Emmanuel Carrére

– Eu controlo como me sinto: como a neurociência pode ajudar você a construir uma vida feliz, Claudia Feitosa-Santana