Day One

Proibido para não fumantes

Poucas pessoas sabem disso, mas a estatística apresentada a seguir é consensual entre órgãos de saúde em todo o mundo. “Abandonando o hábito de fumar aos 35 anos de idade, você provavelmente terá a mesma expectativa de vida que a de uma pessoa que nunca colocou um cigarro na boca.” Apesar de ser a boa […]

Compartilhar artigo
Data de publicação
17 de março de 2022
Categoria
Day One

Poucas pessoas sabem disso, mas a estatística apresentada a seguir é consensual entre órgãos de saúde em todo o mundo.

“Abandonando o hábito de fumar aos 35 anos de idade, você provavelmente terá a mesma expectativa de vida que a de uma pessoa que nunca colocou um cigarro na boca.”

Apesar de ser a boa e velha medicina baseada em evidência, dá para entender por que pouca gente já ouviu falar disso.

Se direcionada a jovens rebeldes de 18 anos, temos uma potencial arma de destruição em massa. Esse é o tipo de comunicação capaz de dar carta branca aos riscos acumuláveis de um vício grave.

Por outro lado, adultos fumantes de aproximadamente 35 anos podem encontrar o incentivo que faltava para parar e evitar o pior.

Aos 35+, a mensagem funciona para o bem, de duas formas complementares:

(i) Sua percepção de risco enquanto fumante aumenta exponencialmente. A fase café com leite ficou para trás. A partir de agora, cada tragada é veneno cancerígeno entrando nos alvéolos pulmonares.

(ii) Seu custo aparentemente irrecuperável de repente se tornou 100% recuperável. Isso quebra completamente a inércia destrutiva do fumante que pensa: “Quer saber? Agora eu vou baforando até o fim, meu pulmão já está todo fodido mesmo!”.

Nunca é tarde demais. Quanto antes você interrompe os hábitos viciosos, melhores suas chances de seguir adiante respirando mais leve.

Naturalmente, analogias se aplicam ao mundo dos investimentos.

Investidores presos na dinâmica de uma tese ruim insistem em seguir carregando aquele karma, baforando até que as nuvens de fumaça se transformem em lucro.

Lucro vira fumaça com alguma frequência, mas fumaça dificilmente vira lucro.

A queda intensa e rápida de uma ação só pode significar uma dentre duas coisas: ou o perfil de risco está muito mais favorável, pois sua margem de erro aumentou (visão buffettiana), ou o perfil de risco de fato piorou sobremaneira (visão Fat Tony).

Nesse último caso, o melhor a fazer é simplesmente parar de tomar fumo.

O dinheiro historicamente perdido com a ação AAAA3 pode ser recuperado com qualquer outra ação — existem 26 letras no alfabeto, permitindo 456.976 diferentes combinações de tickers.

A grande questão sempre é: qual a melhor atitude no momento, pensando daqui para a frente?

Essa é a única pergunta que importa, todas as demais representam meras distrações ao investidor inteligente.

Buffett era fã do “cigar butt approach to investing”, mas nunca colocou um marlboro vermelho entre os próprios lábios.